Foi adicionado ao seu carrinho de compras.

Versão Áudio

Você tem 01:17:21 para ouvir o artigo: “Os Cenários dos Projetos de Marketing na Web”?

Cenário 1
Contratação de um Serviço de Hospedagem de Domínio para funcionar o site e os e-mails 24 horas por dia.

hospedagem

planos

Fonte: http://www.onocomp.com.br/hospedagem/
Dica 1
Escolha o melhor plano de hospedagem X período de pagamento para o funcionamento do serviço de hospedagem.
Cenário 2
Faça o seu cadastro para que possamos vincular os seus dados ao plano de hospedagem escolhido.
http://www.onocomp.com.br/central/register.php
Dica 2
Sem o seu cadastro não temos como dar andamento nas tarefas operacionais dos serviços prestados.
Cenário 3
Faça o seu cadastro no registro.br https://registro.br/cgi-bin/nicbr/idmng para que assim eles criem uma ID de identificação da pessoa que será responsável pelo domínio registrado e tudo o que for publicado lá.
Dica 3
Após o cadastro, verifique o seu e-mail e click no link enviado pelo sistema do registro.br para confirmar a sua conta; confira também a sua caixa de antispam, possivelmente o e-mail poderá estar lá.
Cenário 4
Você precisará de um técnico responsável para gerenciar os DNS´s de apontamento para o servidor de hospedagem; caso você não faça isto, seu domínio não entrará em funcionamento até você mesmo atualizar seu DNS e ou apontar um técnico de sua confiança para fazer o mesmo.
Dica 4
Neste cenário a minha dica é apontar o meu ID Técnico = CAO341 assim eu consigo gerenciar seus DNS´s Vinculando-os com o servidor de hospedagem das suas contas domínios / e-mails.
Cenário 5
Pagar o plano de hospedagem e o registro.br para que os serviços venham a funcionar nos períodos contratados.
Dica 5
Muitas pessoas se cadastram; contratam o plano de hospedagem; registram o seu domínio e não pagam as devidas faturas; depois reclamam que o serviço não está mais funcionando. Portanto seja responsável e quite os serviços para não ficarem suspensos por atrasos nos devidos pagamentos.
Cenário 6
Defina os nomes dos e-mails para criarmos no servidor de hospedagem.
Dica 6
Exemplos: atendimento@nomedoseusite.com.br / contato@nomedoseusite.com.br / financeiro@nomedoseusite.com.br / nome.sobrenome@nomedoseusite.com.br / marketing@nomedoseusite.com.br/ informativo@nomedoseusite.com.br / vendas@nomedoseusite.com.br / comercial@nomedoseusite.com.br / enfim, diversos são os e-mails a serem criados para as pessoas da empresa e ou departamentos da mesma; basta criar os mesmos no cPanel painel de controle do seu servidor contratado.
Cenário 7
Defina como será feito o seu site:
Programado em linguagem por um programador especialista em linguagem XYZ = PHP / ASP / Etc + Designer gráfico para montar o layout do mesmo (Roupagem = Tema = Template do Site) para se integrar com o sistema programado.
Escolha de um Software Popular Open Source = WordPress / Joomla / OpenCart / WooCommerce / Etc que existem no mercado.
Escolha de um Tema / Template já pronto gratuito = limitado e ou pago com diversos recursos adicionais que se agregam ao Software escolhido.
Lista de compras / tarefas que o projeto irá exigir de acordo com a sua complexidade / densidade e ou seja quanto mais recursos mais ferramentas o site terá e em consequência mais tempo o mesmo irá necessitar para ser desenvolvido.
Escolha de um gerente de projeto apto / responsável / certificado e com diversas recomendações das pessoas já atendidas.
Dica 7
Todo projeto de site e ou loja virtual quando é feito torto / nas coxas / sem foco / sem planejamento / sem querer gastar com ferramentas adequadas / sem querer suporte especializado / querendo um ótimo projeto com baixo custo, em geral fica parado depois de um certo tempo; igual as obras públicas dos governantes brasileiros que em geral prometem e não cumprem as entregas dos projetos prometidos nas devidas datas.
Portanto, faça a sua:
Lista de compras = Ferramentas = Templates / Plugins / Módulos / Componentes juntamente com o gerente do seu projeto.
Receita do bolo = Pense no seu negócio e passe para o gerente do projeto como você quer que seja a apresentação do seu site e ou loja virtual e ou até os dois ao mesmo tempo.
Como fazer isto? Pense nisto.
Quem? Você e ou Alguém que saiba.
Como? Você sabendo fazer e ou alguém que saiba fazer.
Onde? Qualquer lugar afinal você é um iJumper = Nome baseado no filme cujo os especialistas de informática hoje em dia só precisam de um telefone IP, Internet e Notebook para poderem trabalhar em qualquer parte do Mundo.
Quanto? Já analisou todas as ferramentas item a item, seus custos, seus operacionais e como integrar tudo? Cada item será o montante dos seus gastos. Você é quem irá fazer? = Gaste tempo e ou dinheiro para aprender. Especialista irá fazer? = Pague para o especialista.
Quando? Determine datas para fazer todos os passos acima.
Por quê? Porque se você não fez nada ainda e ou não se dedicou como deveria, terá que fazer tudo isto e um pouco mais para crescer ainda mais no seu nicho de negócios aonde a concorrência é enorme. Ou você faz ou você não faz, não existe tentar sem foco.
Cenário 8
Conteúdo que irá conter seu site e ou loja virtual ou seja, ambos pertencem a cenários distintos; As empresas que estão expondo seus produtos e serviços na Internet, estão facilitando o acesso às informações, ampliando seu mercado, oferecendo comodidade e conquistando novos clientes.
Basicamente existem 3 tipos de sites. Segue descrição abaixo:
Institucionais
É como uma revista eletrônica da empresa, onde poderão ser disponibilizadas informações completas sobre: A Empresa, Profissionais, Produtos ou Serviços (Texto, Fotos, Vídeos e Áudios), Tabela de Preços, Dúvidas, Matérias, Depoimentos, Parceiros, Contato (Endereço, Telefone, E-mail, Mapa de Localização) e tudo o que se fizer necessário para comunicar ao usuário do site o perfil da empresa. Ex.: Cursos, Agenda, Notícias, Eventos, Promoções, etc.
Administráveis ou Dinâmicos
Soluções que possibilitam a atualização instantânea das informações. Através de uma área administrativa, as informações poderão ser alteradas, excluídas ou incluídas pelo próprio cliente.
Loja Virtual (E-Commerce)
É um conjunto de ferramentas On-line que permite a compra de um Produto pela Internet.
O seu cliente poderá efetuar o pagamento através da própria Internet (boleto e cartão de crédito) e escolher a forma de entrega: Sedex, Transportadora, Motoboy, etc.
O proprietário da Loja Virtual poderá efetuar o cadastro dos produtos (Nome, Peso, Tamanho, Descrição, fotos, etc), Cadastrar Categoria, Sub-categoria, colocar produtos em promoção.
Dica 8
São 3 os passos para ter um site
1 – Registro
Registrar um endereço na internet (domínio) www.nomedaempresa.com.br
Existe uma taxa anual de R$ 30,00 a ser paga para o órgão responsável pelo registro.br
2 – Desenvolvimento do site ou da loja virtual
– Nesta etapa iremos definir quais serão as informações que irão conter no site, esta etapa é dividida em duas:
– Desenvolvimento do Layout
– Construção das páginas para a inclusão do conteúdo (após a aprovação do layout)
3 – Hospedagem e manutenção
Hospedagem: Após a conclusão do trabalho para que o site fique no ar 24 horas por dia, 7 dias por semana, é necessário que o mesmo fique hospedado em um computador chamado Servidor.
Manutenção: Após a publicação do site, mensalmente iremos realizar os devidos ajustes e atualizações que o cliente achar pertinente.
O valor cobrado para o desenvolvimento de um site ou loja virtual pode variar de acordo com o tempo que levaremos para desenvolver e pela sua complexidade.
O valor do desenvolvimento é pago conforme proposta enviado da Onocomp Informática.
A quantidade de atualizações no mês será definida mediante acordo com o cliente, uma vez que cada ramo de atividade ou tipo de negócio requer uma determinada quantidade de atualizações no mês.
Existem negócios que requer atualizações quase que diariamente (Lojas de veículos, sites de notícias, casas de shows) e outros podem ser atualizados apenas uma vez por mês (Buffets, Clínicas de Estética, Salões de Beleza); tudo varia conforme cada nicho de negócio e fica a escolha do próprio cliente o período de atualizações dos seus conteúdos.
Cenário 9
Definido o software / linguagem a ser utilizado para o site, temos que analisar o nicho do negócio para a escolha do melhor Tema / Template = Roupagem que irá conter o site de acordo com o gosto do cliente e também de acordo com as ferramentas e compatibilidades que o Template contém X Suporte do Fabricante. Além do mesmo conter plug-ins / módulos / componentes adicionais inclusos que facilitem ainda mais a vida do cliente em seu projeto final.
Dica 9
Existem diversos fornecedores no Mercado; pagos, gratuitos e ou com versões limitadas não completas, as chamadas versões DEMO = Demonstrativos aonde você usa parcialmente os recursos instalados.
Exemplos:
https://br.wordpress.org/plugins/
http://extensions.joomla.org/
http://themeforest.net
http://codecanyon.net
http://videohive.net
http://audiojungle.net
http://graphicriver.net
http://photodune.net
http://3docean.net
http://activeden.net
http://yootheme.com/
http://www.templatemonster.com

http://www.elegantthemes.com/gallery/

http://www.elegantthemes.com/plugins/

https://wordpress.org/themes/
Para cada tema / plugin / módulo / componente existe uma taxa de instalação do fornecedor e ou quando você já tem um técnico, o mesmo poderá fazer isto para você à partir da negociação combinada no projeto final.
O mesmo acontece também para cada plugin / módulo / componente que o seu site venha a necessitar no seu nicho de negócios.
Cenário 10
Traduções; as traduções nem sempre vem em português do Brasil pt_BR nos devidos Temas / Plugins / Módulos / Componentes; portanto temos que verificar com o fabricante se os arquivos totais e ou parciais já foram feitos por membros da comunidade para tal quesito.
Dica 10
É claro que nem tudo pode ser traduzido no que se refere a alguns itens em específico; mas faz parte da verificação do gerente de projetos analisar isto com o fornecedor. Caso contrário há também mais esta tarefa do gerente de projetos a ser feita em seu operacional logístico.
Cenário 11
Conteúdo é essencial para alimentar todo o projeto do site loja e em geral os próprios tomadores deste tipo de serviço se enrolam por não terem nada pronto para publicarem em seus devidos sites; o que acarreta em atrasos nos próprios projetos dos mesmos, portanto sempre é bom deixar claro para o cliente final tomador dos serviços sobre as suas responsabilidades e datas das entregas dos devidos materiais.
Dica 11
Cliente – Não minta que já tem algo pronto quando não tem.
Cliente – Não faça textos corridos e sem nexo; afinal o seu público alvo é quem irá ler o que você cliente irá publicar em seu site.
Cliente – Separe as melhores fotos para publicação em seu site e ou loja com produtos físicos.
Cliente – Trabalhe no seu devido tempo e prazo porém se não conseguir entregar, delegue para pessoas responsáveis e que saibam fazer tais tarefas.
Em geral um bom site precisa de ótimas fotos, textos, vídeos e áudios; conteúdos que remeta ao nicho de mercado do cliente e isto é tarefa do cliente entregar para o gerente de projetos do site quando o mesmo é quem irá unificar tudo isto.
É claro que Se o Cliente ficar responsável por alimentar o seu próprio site, cabe ao gerente de projetos colocar na proposta o devido treinamento básico para o mesmo.
Cenário 12
Logotipo; o logotipo é parte principal de um site da empresa quando o mesmo é feito por um webdesigner e ou gráfica e ou quem quer que seja, o mesmo deve ser enviado para você no formato técnico digamos que aberto = arquivo original de onde foi feito o mesmo, seja lá qual software fora usado; Illustrator, Corel, Photoshop, Indesign e afins; temos que ter ao menos os arquivos em *.ai / *.cdr / *.psd / *.png / *.jpg / *.jpeg enfim em geral os desenvolvedores não enviam isto para o cliente que compra o serviço de criação do logotipo; amarrando o cliente a sempre fazer os serviços de gráfica com eles ou seja, camisetas, bonés, cartões de visitas e quaisquer outros serviços que exijam o logotipo que você pagou para desenvolver.
Dica 12
Sempre que precisar fazer o seu logotipo, exija todos os arquivos originais que o designer criou para você; audite os arquivos para verificar se os mesmos estão corretos e abertos por completo. Muitos criadores fecham os caminhos dos arquivos internos para que você não tenha acesso as manipulações dos vetores e layers; eles agem como picaretas de má fé, sabendo quando o cliente é leigo e não sabe exigir os seus direitos perante ao pagamento do serviço contratado.
E como o assunto aqui é o projeto de um site e ou softwares na web, tenha o arquivo do seu logotipo em mãos para podermos colocá-lo no site.
Cenário 13
Menus, os menus de um site são super importantes na definição do mesmo, pois é por ele que os visitantes irão navegar e verificar todo o conteúdo do seu site. Existem os menus verticais e horizontais, então para cada projeto + tema do site é o cliente mais gerente de projetos quem irão definir a estética do projeto num todo.
Dica 13
Para cada menu = botão teremos acesso a uma página com textos / textos + fotos / textos + vídeos / galeria de fotos / galeria de vídeos / vínculos com canais dos vídeos de Youtube / áudios em MP3 / enfim, diversas são as variações das quais um menu irá se reportar para a devida ação de aparecer o conteúdo decidido para o devido título do mesmo. Cabe ao desenvolvedor + o cliente definirem isto.
Cenário 14
Um cenário de Menu como base de orientação é o site:
http://www.onocomp.com.br/
Nele temos:
Home: onde irá mostrar toda a página inicial do site e os conteúdos que o gerente do projeto quer disponibilizar para os visitantes; ao passo que ele poderá com o tempo alterar os conteúdos e atualizar as posições dos itens.
Empresa: O Menu Empresa http://www.onocomp.com.br/empresa/ fala sobre como a empresa surgiu, quem é o fundador da mesma, conta com um texto + fotos sobre suas tecnologias, contém depoimentos dos clientes atendidos e agrega valor com autoridade + notoriedade base de confiança para novos clientes virem a tomar os serviços da mesma.
Hospedagem: Fala sobre todos os planos de hospedagem que a empresa presta de serviços aos clientes juntamente com os valores e as tecnologias envolvidas.
Sub-Menus: Ou seja, são os menus abaixo do menu principal; neste caso os sub-menus do menu hospedagem são: Plano Start / Plano Bronze / Plano Silver / Plano Gold / Plano Platinum que remetem o cliente ao melhor plano de hospedagem da sua escolha.
Termos de Serviço: Este Menu remete o visitante ao texto dos termos do contrato que o cliente estabelece ao contratar os serviços de hospedagem para os seus sites.
Registrar Domínio: Remete o cliente para que ele registre o domínio do seu site em seu nome.
Soluções: Este é um Menu não clicável ou seja, não abre nada ao clicar nele; ele serve apenas de título para um outro termo usado nos menus de web o MEGA MENU; um Menu formado por 6 colunas ou menos aonde incluímos todas as soluções que a empresa presta aos seus clientes e em cada tópico, podemos imaginar a inclusão de todos os tipos de mídias imaginadas dentro das páginas das mesmas.
Portfólio: Este menu leva o visitante a entrar na página de todos os projetos realizados pela Onocomp Informática, passando aos visitantes os diversos conceitos já desenvolvidos pelo mesmo.
Blog: Este menu leva o visitante a ler todos os artigos, notícias e assuntos referentes ao nicho de atuação que o redator e ou os redatores escrevem para orientar os leitores sobre as tendências dos diversos nichos que Carlos Andrade Ono se formou e é especialista.
Contato: Este menu leva o visitante para a página de contato do site, onde temos o mapa de localização da empresa, telefone, endereço, formulário de contato, e-mail, WhatsApp; enfim tudo o que leve o visitante a entrar em contato para saber mais sobre nossas soluções.
Mapa do Site: Este menu leva o visitante para todos os títulos das páginas do site, facilitando a devida navegação na busca de uma determinada informação.
Dica 14
Enfim para cada nicho de atuação há um tipo de menu a ser criado e títulos com sub-títulos à serem desenvolvidos, colocando os seus devidos conteúdos. Não há uma regra padrão; cabe ao cliente mais o gerente de projetos web, definir em comum acordo o que irá conter no devido site específico; ou seja, muda-se o nicho, mudam-se praticamente alguns nomes de menus do site.

Cenário 15
Estabeleça no seu projeto datas e prazos para criar e entregar as devidas tarefas combinadas antecipadamente; assim todos saem ganhando e cria-se um projeto viável e satisfatório.
Dica 15
Em geral 70% das tarefas dos conteúdos é obrigação do cliente entregar, pois o desenvolvedor do site sabe das técnicas de criação; não é ele quem cria um texto falando sobre como a empresa surgiu e ou como o profissional surgiu; não é ele quem tira as fotos internas da empresa e as trata para a inclusão na web; não é ele quem filma e cria vídeos editados sobre a empresa / produtos e ou seja, muitas das tarefas de criação de conteúdo em geral é o tomador quem deve trabalhar nas mesmas e entregar ao criador do seu site e ou ele mesmo publicar no sistema se assim for de seu conhecimento. Editar entrevistas em áudios e ou gerenciar canais das mídias sociais tipo Facebook e Sound Cloud por exemplo é em sua maior parte tarefa do gerente do site e não de quem fez o mesmo; por isto que é bom sempre combinar tudo antecipadamente para que você não faça um site e ele fique congelado no tempo sem informações e atualizações por meses e ou até anos; surgindo assim uma grande taxa de rejeição ao mesmo, simplesmente pelo fato de que as pessoas já viram o que tem lá e nunca muda; aí então elas abandonam a navegação em seu site.
Cenário 16
Dúvidas técnicas quanto a hospedagem em geral são respondidas pelos próprios técnicos da empresa de hospedagem via tickets de suporte abertos na central do cliente onde fica também a base de conhecimento.
Dica 16
A Central do Cliente é um local aonde o cliente acompanha suas faturas de hospedagem, verifica a sua Base de Conhecimento com as famosas FAQs = Perguntas e Respostas mais frequentes que os clientes fazem para a empresa em como proceder para fazer tal tarefa que seja pertinente ao serviço contratado.
Exemplos:
Central do Cliente
http://www.onocomp.com.br/central/index.php
Base de Conhecimento
http://www.onocomp.com.br/central/knowledgebase.php
Cenário 17
Em geral criar um projeto de marketing na web não é uma tarefa fácil de ser implementada; requer conhecimentos técnicos; requer conhecimentos em gerenciamentos de projetos; requer conhecimentos em linguagens de programação e CMS´s open source; requer conhecimentos de CSS = folhas de estilo; requer conhecimento em banco de dados; requer conhecimento em edição de imagens; requer conhecimento em edição de vídeos; requer conhecimento em edição de áudios; requer conhecimento em mídias digitais; requer conhecimento em propaganda e marketing na web; requer conhecimentos em tarefas operacionais simples como redigir textos; requer conhecimentos de inglês; requer conhecimentos técnicos para falar nas linguagens técnicas com os técnicos do seu provedor de hospedagem; etc. Enfim, diversos são os conhecimentos necessários para criarmos um projeto de site e ou softwares específicos na web.
Dica 17
Se você não é da área, não faça pela metade e ou irresponsavelmente; o barato sai caro e no fim das contas nem seu sobrinho saberá arrumar os erros que ele mesmo pode ter causado devido a se meter com o que não conhece. Um profissional da área especializado no assunto leu diversos livros, fez diversos cursos, participou de diversas palestras e hangouts da vida na web, soube lidar com diversos tipos de pessoas, conhece um pouco de tudo no ramo de negócios da web; então saiba reconhecer um ótimo profissional e um picareta; a diferença é enorme e você não sairá perdendo.
Cenário 18
Dependendo do tamanho do seu projeto faça um checklist das tarefas e execute-as nos devidos tempos combinados.
Dica 18
Quando temos um checklist das tarefas que iremos fazer, não nos perdemos no passo a passo do que se fazer e afins na linha do tempo.
Cenário 19
Faça sempre um site com o seu próprio domínio e não com sistemas engessados de empresas XYZ com os seus nomes juntos; além das devidas propagandas dos mesmos inclusas dentro do seu site e aonde você não tem para onde correr com o mesmo e ou seja sair do lugar; você fica preso na empresa.
Dica 19
Quando você for fazer um site verifique os cenários acima e veja se seu site pode ser movido de servidor e ou não; se você pode vir a fazer backup do banco de dados e dos arquivos e ou não; se o seu site é feito em sistema NNF = Next Next Finish e pronto e ou seja você faz um site +/- em um software de empresa grátis e fica lá para sempre congelado no tempo e sem poder mudar de recursos e afins. Quem escolhe este tipo de cenário esta na linha do tempo dando tiros no próprio pé; pois lá na frente quando perceber que o site está cheio de conteúdos e materiais que se gastou muito tempo para publicar e NÃO pode tirar ele do servidor e colocar em outro pois o sistema NNF é Fixo e não Movível, irá chorar e se arrepender profundamente da escolha do cenário GRÁTIS.
Cenário 20
Terminei meu site e já está publicado e bonito além de Responsivo = funciona em todos os tipos de aparelhos PC / Tablet / Celular e Afins agora é só esperar e ficar rico.
Dica 20
Engana-se quem assim o faz pois não acompanha o ritmo acelerado do mercado e dos concorrentes; um ótimo site nunca está totalmente pronto quando não é alimentado com conteúdos diversos e atrativos; quando não é atualizado com as fotos e descrições dos seus devidos produtos; quando não colocamos artigos e notícias para os leitores que nos acompanham no ramo do nicho de atuação; projetos de web requer muita disciplina e organização do gerente da web responsável pelo conteúdo do site; não podemos fazer um site e deixarmos simplesmente largado; é dever do gerente do site e ou do tomador dos serviços fazer o básico de se alimentar o seu site além de fazer a manutenção preventiva das devidas atualizações e backups do mesmo quando assim sabe fazer; Portanto não se engane, atualize o seu site sempre que possível e faça backups mensais do mesmo; você gastou muita energia e sinergia além de tempo e dinheiro para pensar em cada item / cenário para publicar tudo no todo e do nada pode-se perder tudo e ou ficar com uma taxa de rejeição enorme por não cuidar bem do seu projeto. PORTANTO TRABALHE NO MESMO.
Cenário 21
Planeje e faça o seu mapa mental do projeto.
Dica 21
Mapas mentais servem para todo tipo de projeto e existem no mercado diversos softwares que fazem as tarefas dos mapas mentais; assim visualmente você consegue entender o seu próprio projeto e o visual fica mais auto explicativo para quem o lê e vê; além de entender com mais exatidão.
Entenda:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Mapa_mental
Software:
http://www.xmind.net/
Cenário 22
Segurança é fundamental na web para projetos de sites e softwares, pois há toda uma logística de entendimentos e pessoas na rede e muitos crackers = pessoas que testam a segurança de um site para tentar invadi-lo e pichar o mesmo. Pessoas em hipóteses adolescentes que devido ao alto conhecimento são pagos por empresas concorrentes para quebrarem os sites das suas empresas.
Dica 22
Verifique com o seu gerente de web desenvolvedor, qual tipo de segurança seu site irá conter e como aplicar as devidas técnicas de injeção e ou seja, antídotos, firewalls, anti vírus pois é, existe anti vírus para sites e afins que monitoram o comportamento do visitante e bloqueia por completo o mesmo na tentativa de invasão do seu projeto web.
Um especialista em segurança web sabe muito bem a dor de cabeça que é combater piratas da informática; agora imagina você tomador de serviços que quer um projeto de web e pensa que fazer o mesmo é simples assim igual pastel, fritou está pronto.
Digo pastel para que você caro leitor entenda toda uma complexidade que se tem por trás dos projetos de web; Para se fazer pastéis temos que ter todos os ingredientes e toda a receita de preparo do mesmo para depois finalizar a fritura e entregar ao cliente; imagina um projeto de web que requer tempo e esforço de entendimento tanto do desenvolvedor quanto do cliente para chegarem a um cenário viável.
Cenário 23
Orçamento para criarmos um projeto web.
Dica 23
Quando falamos de tempo mais dinheiro para criarmos um projeto de web, temos que entender o nicho de atuação do cliente e o que exatamente ele quer em seu projeto para só então montarmos um checklist das ferramentas e materiais a serem comprados, mais o seu tempo de trabalho a ser empregado no site solicitado.
Há pessoas que querem demais e exigem demais com diversos cenários em seus projetos de web pois viu um site XYZ ou HTO ou sei lá mais o que e quer igual; esta pessoa não sabe o tempo e as ferramentas necessárias que foram usadas naquele projeto; esta pessoa as vezes não sabe nada da área de Web mais quer pagar por um valor X e levar Y.
Não é assim que funciona no setor de tecnologia e desenvolvimentos de softwares para web; e como já dito anteriormente o barato sai caro; a pessoa houve de um picareta que vai custar X para que ela faça o seu projeto de Web e depois quebra a cara quando o prestador é um picareta, sem formação e informação e não tem as devidas habilidades técnicas na área de atuação.
Cenário 24
Animações de um site são em sua maior parte os atrativos aos olhos do visitante juntamente com um ótimo Tema = Layout Responsivo e a soma de tudo com os materiais do cliente se forma um projeto de web de acordo com a visão que o cliente passou para o desenvolvedor.
Dica 24
Cliente que quer um site mais fala que a inclusão dos conteúdos é seu sobrinho e ou funcionário que irá fazer para diminuir seus custos engana-se a si próprio na maioria das vezes pois continua pensando no modelo pastel fritou está pronto. A pessoa responsável por tratar imagens requer conhecimentos pertinentes para tal função. A pessoa responsável por revisar textos e ou artigos para a devida publicação requer o devido conhecimento para tal função, além do conhecimento da área de atuação em seu ramo. A pessoa quem irá criar uma galeria de imagens, requer conhecimento para lidar com as ferramentas pertinentes e escolhidas, implementadas no devido site. A pessoa quem irá por vídeos editados, requer conhecimento da edição dos vídeos. A pessoa quem irá colocar áudios no site, requer conhecimento da edição dos áudios. Todas estas pessoas tem que entenderem de mídias digitais e como elas funcionam nos itens gratuitos e também nos itens pagos. O gerente de projetos web tem que agilizar todas estas pessoas para montar um time em campo aonde uma pequena equipe faça as tarefas pertinentes de cada setor e assim todas somadas, entrem em seu projeto de web e façam com que os visitantes de seu site retornem sempre, pois adoram o que você escreve em seu blog, para os artigos, notícias, galeria de fotos publicadas, eventos, conhecimentos e afins.
Portanto pense no ganha-ganha e não no ganha-perde e ou seja, faça um projeto com um custo que esteja em seu orçamento e que você possa administrá-lo com toda pertinência.
Em geral é comum aparecerem pessoas que querem um projeto de web e negociam no ganha-perde e ou seja, elas querem um site bom e barato e não querem elas mesmas nem terem que pensar e ou fazer os conteúdos de suas próprias empresas que serão necessários para colocar no projeto web igual textos, fotos, vídeos, áudios, mídias sociais e etc.
Pense: um carro não anda se não colocarmos gasolina.
Um bom projeto não anda se não colocarmos Tempo, Dinheiro, Ferramentas e Ótimos Profissionais que façam o seu projeto com competência.
Cenário 25
Faça uma proposta aonde o cliente entenda passo a passo na linha do tempo o que será feito em seu projeto web.
Dica 25
Existem no mercado profissionais picaretas da web que nem sabem fazer uma devida proposta; ao passo que também existem picaretas clientes que nem lerão a sua proposta e mesmo assim quer o projeto de web.
Imagina como está pessoa irá atuar no seu nicho de mercado.
Cenário 26
Estabeleça um contrato se assim for pertinente para ambas as partes.
Dica 26
Em geral existem no mercado profissionais picaretas da web que nem sabem fazer um contrato; ao passo que também existem picaretas clientes que não querem fechar um acordo aonde envolvam todos os cenários pertinentes do ganha ganha para ambas as partes; então fica a dica, fazer um contrato entre tomador e prestador é melhor do que nenhum. Lembre-se também que para o Juiz da sua Comarca do Fórum de atuação, toda comunicação entre tomador e prestador com conversas telefônicas, e-mails, whatsapp, comunicadores e afins servem de prova para o prestador que a pessoa que tomou os seus serviços deve pagar pelo que pediu e concordou; assim evita-se um conflito jurídico e ou até os tomadores terem que ser fichados como inadimplentes.
Cenário 27
Marketing na web com mídias sociais pertinentes já existentes e ou que venham a existir.
Dica 27
Abra uma conta em cada mídia social que você queira estar presente, mas alimente a mesma; não adianta estar lá e não publicar nada; e pior, não adianta estar na mídia social e nem saber manusear a mesma; em geral as mídias sociais servem para dar força ao seu projeto de web e são alimentadas à partir do seu site; nem todas as pessoas estão no facebook, então é preciso ter os dois, site e facebook; a maioria acessa o seu site mas um percentual apenas acessa o seu facebook que em geral é limitado na ferramenta em si e não contém todos os recursos que o seu projeto web terá; estar no twitter e não publicar nada também segue o mesmo raciocínio; enfim para cada mídia digital há uma logística distinta e um operacional diferente para alimentar com conteúdos.
Faça acontecer e não apenas estar por estar.
Cenário 28
Tempo; já pensou no tempo que você gastou ao ler este artigo até aqui; imagina o trabalho que dá para um gerente de projetos web pensar nestes cenários todos e ainda trabalhar nas instalações dos sistemas, códigos, banco de dados e demais itens já ditos anteriormente.
Dica 28
Valorize o tempo do seu gerente de projetos web, ele como todo profissional sabe exatamente como lhe prestar um ótimo serviço.
Quando você não valoriza o seu gerente de projetos web e fala que pagou caro para obter tal serviço e ainda por cima não colocou o seu tempo combinado junto com o mesmo para chegarem em comum acordo, aí em hipótese de ser e ou não ser é o cliente que fica falando mal de um profissional dizendo que o mesmo é picareta mas ele mal sequer gastou 1 hora do seu tempo para empregar em conteúdos do seu próprio site. Mágica não existe; Trabalho sim existe e aparece para quem o faz. Quando o trabalhador está pronto o trabalho aparece, então quando tomador e prestador se entendem o projeto acontece.
Cenário 29
Tripé existe sim:
O empresário = investidor
O técnico = especialista
O vendedor = o que vende o seu peixe
Dica 29
Se você consegue ser e ter as devidas habilidades de ambos, enfim parabéns, você consegue executar boa parte dos projetos web de seus clientes; porém você como tomador cliente e ou até concorrente que analisa o que você faz, aprenda que ninguém nasce sabendo e é preciso muito estudo e esforço por parte do gerente de projetos para entregar um projeto web e ou até qualquer outro projeto no qual o gerente tenha conhecimento como especialista.
Caso você queira andar sozinho e não tenha um dos pés e não queira gastar com quem tem o conhecimento que você não tem e ou você fica no zero a zero, ou você tenta por erros e acertos e ou até fica girando em volta do próprio eixo; Quando não dá certo fazer, pague para quem saiba fazer e ou morra na praia.
Sondar sondar e sondar é a mesma coisa que só debitar debitar debitar e não querer creditar nada. Na vida temos não só o monetário como moeda e sim as respostas para cada cenário do conhecimento humano, temos as cortesias, temos as gentilezas, temos as dicas, temos um pouco de tudo a creditar e a debitar.
Em geral nos bate papos da vida está cheio de gente concorrente e ou apenas sondando o que você faz e ou sabe, mas no total não irá conseguir trilhar o mesmo caminho que você trilhou, pois a evolução é individual de cada um. Haja com princípios e éticas em suas negociações que você terá sempre boas recomendações; haja ao contrário e você terá só negativas. É por isto que em alguns dizeres eu mais ou menos bato forte com os entendimentos para que o projeto não seja fraco e falho a ponto de quebrar. Ninguém quer entrar em uma furada, então trabalhe sempre com ótimos profissionais pois cada um deixa o seu legado na história.
Falando bem e ou falando mal de você, é inveja de não ser você e ou raiva de você atuar como atua e eles não. Enfim entenda todos os cenários e seja claro e específico com cada cliente.
Cenário 30
E-mail marketing de sucesso é uma forte ferramenta de comunicação junto as diversas campanhas criadas por sua empresa.
A sua mídia site aliada a ferramenta de e-mail marketing recebe mais visitas das pessoas que foram impactadas pela transmissão da informação.
Os principais relatórios de quem abriu a campanha de e-mail marketing podem ser cruzados diretamente nas métricas para saber se a pessoa quem ligou para a empresa é a mesma que ficou interessada ao ver a propaganda. E ou se a pessoa que recebeu a campanha de e-mail marketing é a mesma quem comprou o seu produto na loja virtual. Isto é considerado como conversão.
Seu plano de marketing + mapa de mídia, aliados ao operacional de criação de campanha e envio da mesma, é fundamental para uma das comunicações bem sucedidas.
Suas notícias, artigos e clippings publicados em seu site, ganham mais audiência dos principais leitores que são impactados ao receberem suas newsletters.
Dica 30
Tenha uma lista e ou listas criadas com nomes e e-mails das pessoas / empresas das quais você queira enviar a sua newsletter.
Lista de Leads
Lista de Prospects
Lista de Clientes
Lista de Fornecedores
Enfim diversas são as listas à serem criadas para as diversas campanhas de e-mail marketing que a empresa pretende mandar para seus contatos.
Se você ainda não tem a sua lista criada, comece a digitar e ou pegue a mesma no banco de dados do seu software administrativo caso tenha.
Pense em quantos e-mails você já tem na lista.
Pense na programação de envio = disparo da campanha e mensuração dos resultados.
Pense na Criação da Arte e ou Pós Arte HTML filetado conforme conhecimento da área.
Pense nos Relatórios detalhados dos e-mails enviados.
Tenha um painel de controle das campanhas enviadas.
Em geral usamos softwares específicos para obtermos todo este controle; ao contrário das pessoas que assim o fazem iniciando os envios via softwares Outlook, Thunderbird e afins de modo caseiro e irracional pois não possuem os devidos relatórios dos quais um software adequado para tal tarefa se faz necessário.
Exemplos de softwares / serviços:
http://www.akna.com
http://www.aweber.com
http://mailchimp.com
http://www.interspire.com/emailmarketer/
http://www.getresponse.com/
http://mailrelay.com/pt/
http://www.sendblaster.pt
http://www.e-goi.com.br/
https://www.klickmail.com.br/
http://mandrill.com

Cenário 31
Banco de Imagens para os diversos usos em seu site e ou campanhas de e-mail marketing.
Dica 31
Fornecedores:
http://www.shutterstock.com/pt
http://www.istockphoto.com/br
http://br.123rf.com/
https://500px.com/
http://www.bigstockphoto.com/pt/
http://www.canstockphoto.com/
http://www.corbisimages.com/
https://creativemarket.com/photos
http://www.dreamstime.com/
https://br.fotolia.com/
http://www.gettyimages.com/
http://www.istockphoto.com/
http://www.veer.com/
http://deathtothestockphoto.com/
http://getrefe.com/downloads/category/free/
http://www.imcreator.com/free
http://www.iregioes.com.br/
Cenário 32
Customer Relationship Management (CRM) é um termo em inglês que pode ser traduzido para a língua portuguesa como Gestão de Relacionamento com o Cliente. Criada para definir toda uma classe de ferramentas que automatizam as funções de contacto com o cliente. Essas ferramentas compreendem sistemas informatizados e fundamentalmente uma mudança de atitude corporativa, que objetiva ajudar as companhias a criar e manter um bom relacionamento com seus clientes armazenando e inter-relacionando de forma inteligente, informações sobre suas atividades e interações com a empresa.
Segundo Kotler e Fox (1998), conquistar clientes novos custa entre 5 a 7 vezes mais caro do que manter os mesmos clientes que já possui. Por isso, utilizar ferramentas como o CRM, que permitam a fidelização de um cliente, são estratégias corporativas a definir e implementar.
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Customer_relationship_management
Dica 32
A dica são os diversos softwares na web que você pode instalar em seu servidor nas versões demonstrativas e pagas.
Exemplos:
https://www.zoho.com/crm/
https://www.salesforce.com/br
https://www.pipedrive.com/pt-BR/
https://podio.com/site/pt/use-cases/crm
http://www.softwareadvice.com/crm/
Infusionsoft
TeamSupport
Mhelpdesk
Microsoft Dynamics CRM
Pipedrive
Act-On
Marketo
Freshdesk
Spiceworks
SugarCRM
Prophet CRM
PlanPlus Online
Silverpop
NetSuite
Five9 Cloud Contact Center
Oracle Marketing Cloud
Fonte: http://www.softwareadvice.com/crm/?more=true#more
Cenário 33
No marketing temos os 4 P´s = Produto, Preço, Praça e Promoção.
Veja um modelo feito em Mapa Mental.
Dica 33

4ps

Cenário 34
Você já ouviu falar em Análise SWOT?

analise_swot
Dica 34
A análise SWOT é feita conforme orientações pesquisadas:
A Análise SWOT ou Análise FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças) (em português) é uma ferramenta utilizada para fazer análise de cenário (ou análise de ambiente), sendo usada como base para gestão e planejamento estratégico de uma corporação ou empresa, mas podendo, devido a sua simplicidade, ser utilizada para qualquer tipo de análise de cenário, desde a criação de um blog à gestão de uma multinacional.
A Análise SWOT é um sistema simples para posicionar ou verificar a posição estratégica da empresa no ambiente em questão. A técnica é creditada a Albert Humphrey, que liderou um projeto de pesquisa na Universidade de Stanford nas décadas de 1960 e 1970, usando dados da revista Fortune das 500 maiores corporações.
O termo SWOT é uma sigla oriunda do idioma inglês, e é um acrónimo de Forças (Strengths), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats).
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/An%C3%A1lise_SWOT

Cenário 35
Faça a sua lista de Tarefas conforme os cenários deste artigo.

lista_de_tarefas
Dica 35
Os cenários são variáveis conforme cada necessidade de cada pessoa.

Cenário 36
Gestão de projetos (português europeu) ou gerência de projetos (português brasileiro), gerenciamento de projetos ou ainda administração de projetos é a área da administração que aplica os conhecimentos, as habilidades e as técnicas para elaboração de atividades relacionadas a um conjunto de objetivos pré-definidos, num certo prazo, com um certo custo e qualidade, através da mobilização de recursos técnicos e humanos.
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ger%C3%AAncia_de_projetos
Dica 36
A dica são os diversos softwares na web que você pode instalar em seu servidor nas versões demonstrativas e pagas.
Exemplos:
http://web2project.net/
Microsoft Project 2013
http://www.clarify.com.br/curso-ms-project.php
https://www.bitrix24.com/
http://www.dotproject.net/
Enfim para concluir; diversos são os cenários para todos os tipos de pessoas versus conhecimentos; cabe a cada um saber o que usar para o briefing das suas necessidades para os seus devidos projetos de marketing na web e afins; portanto cabe ao leitor ler muito, pesquisar muito e entender o que realmente é importante para o seu projeto de negócios.
“Briefing ou brífingue é um conjunto de informações ou uma coleta de dados passados em uma reunião para o desenvolvimento de um trabalho ou documento. Esse é um instrumento muito utilizado em Administração, Relações Públicas, Design e na Publicidade. O briefing deve produzir um roteiro de ação para criar a solução que o cliente procura, ou seja, é como mapear o problema e, com as pistas identificadas, ter idéias para criar soluções.
Um briefing eficaz deve ser breve, contendo apenas informações relevantes. Um briefing muito extenso seria ruim por não ser seletivo, tornando o processo dispersivo. Já um briefing excessivamente curto torna-se incompleto, dificultando o entendimento quanto aos trabalhos a serem executados.”
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Briefing
Espero que esta contribuição com a ajuda deste artigo tenha esclarecido ainda mais as informações para com o leitor / empreendedor que quer colocar o seu negócio na web, mas não sabe ainda por onde começar.

Muito Grato
Carlos Andrade Ono

comments

Carlos Ono

Sobre Carlos Ono

Pós-graduado em gestão empresarial, graduado em propaganda e marketing pela Universidade Paulista UNIP. Especialista em Informática com foco na manutenção corretiva, preventiva dos hardwares e softwares implementados nas empresas. Atualmente é Diretor de Projetos de Web, Informática e Marketing, Treinamento, Desenvolvimento e Implementação - Gestão no Onocomp Informática. http://lattes.cnpq.br/4389301259357689

Comentários

  1. dema disse:

    muito bom Ono ! Um verdadeiro curso .comecei ouvindo mas fica demorado .depois pulei para a parte esrita.esra claro e creio completo.Seria legal ter uma versao pocket .curta para apresentacao aos clientes.ralves voce ja tenha. Parabens e que este ano venham muitos negocios ! abracos

    1. Ono Carlos disse:

      Muito grato Dema.
      Tem coisas na área de TI que não tem como simplificar os processos e a tarefas operacionais.
      Enfim faz parte.

Assine Nossa Newsletter

Thanks for subscribing. Please check your email Please fill in all required fields